NIC.br

Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR
CGI.br

Imprensa NIC.br

Ir para o conteúdo

Arquivo do Clipping 2005

Veículo:PSL Brasil
Data: 20/05/2005
Assunto: CGI.br

Comitê Gestor da Internet completa uma década de gerenciamento da rede mundial de computadores no Br

Prestes a completar 10 anos em maio, o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGIbr) é a entidade responsável pela chamada governança da rede no país. Sua criação partiu de uma iniciativa dos ministérios das Comunicações e da Ciência e Tecnologia, que decidiram, por meio de uma portaria interministerial, atribuir a um comitê gestor o desafio de cuidar do desenvolvimento da internet no Brasil a partir da efetiva participação da sociedade nas decisões, envolvendo a implantação, administração e utilização de seus recursos.

Os primeiros membros do Comitê Gestor da Internet (www.cg.org.br) foram indicados pelo governo federal e reuniam representantes do próprio governo (ministérios instituidores, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e CNPq), provedores de acesso, comunidade acadêmica e representantes dos usuários. Desde então, a sua composição foi alterada algumas vezes a fim de ampliar a representatividade do CGIbr.

As competências do Comitê Gestor da Internet incluem a gestão e administração de nomes de domínios e números IP, gestão do tráfego internet (interconexão de redes nacionais e internacionais), segurança operacional da rede e a representação da internet brasileira junto aos organismos internacionais vinculados à operação e funcionamento da internet no mundo.

Esse modelo, criado no início da comercialização dos serviços internet no Brasil, garantiu várias conquistas que não foram possíveis em muitos outros países como, por exemplo, a separação operacional e legal entre os serviços internet e a infraestrutura de telecomunicações, com a caracterização dos serviços internet como sendo de "valor adicionado" e a centralização do serviço administrativo de distribuição de nomes de domínio em uma operação sem finalidade lucrativa, evitando a comercialização e o uso indevido dos mesmos. Além disso, cabe ao Comitê Gestor o crédito pelo incentivo das primeiras redes metropolitanas e a interconexão nacional das backbones (espinhas dorsais) de modo a otimizar o tráfego nacional da rede.

Pouco tempo mais tarde, a internet no mundo teria também o seu comitê gestor que, não por acaso, fica sediado nos Estados Unidos, mais precisamente na Califórnia. A Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN) é uma organização sem fins lucrativos que está no topo da pirâmide da estrutura da gestão da internet mundial. Para se ter uma idéia de seu poder, uma de suas atribuições é simplesmente administrar os root-servers (servidores-raiz) que formam a base do Sistema de Nome de Domínio (DNS), responsável pelo funcionamento da internet. Os órgãos vinculados à ICANN também são responsáveis por administrar a alocação de endereços IP, bem como a padronização dos protocolos que permitem o acesso aos serviços da rede mundial.

Em várias regiões existem braços da ICANN responsáveis pelo registro de nomes de domínios (registrars) ou mesmo pela alocação de endereços IP, mas em cada país há uma entidade gestora com atribuições similares às do CGIbr, ou seja, são responsáveis apenas pelo seu domínio-raiz. No caso do Brasil, o .br.