NIC.br

Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR
CGI.br

Imprensa NIC.br

Ir para o conteúdo

Arquivo do Clipping 2005

Veículo:Folha Online
Data: 01/06/2005
Assunto: CGI.br

Comitê Gestor da Internet ganha flexibilidade em seu décimo aniversário

No dia em que completou dez anos de existência, o Comitê Gestor da Internet anunciou a criação de uma entidade civil que deve aumentar a flexibilidade de suas ações: o Nic.br (Núcleo de Informação e Coordenação do ".br").

Essa nova divisão --que ainda tem questões burocráticas a serem resolvidas antes de seu pleno funcionamento-- ficará responsável pelas atividades de registro e nomes de domínios com a extensão ".br". A previsão é de que isso aconteça em até dois meses.

Até agora, essa função estava sob responsabilidade da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), que fazia o gerenciamento dos recursos obtidos pelo CGI. Atualmente, há cerca de R$ 100 milhões acumulados, que serão investidos em comum acordo entre as duas partes.

"O Nic.br permitirá que tenhamos uma estrutura mais flexível e maior agilidade operacional", afirmou, em um evento nesta terça-feira, Marcelo de Carvalho Lopes, coordenador do CGI e secretário de política de informática do Ministério de Ciência e Tecnologia.

Entre as funções da nova entidade também estão a divulgação de indicadores e estatísticas sobre o desenvolvimento da internet no Brasil e a criação de procedimentos técnicos, administrativos e éticos para o bom desenvolvimento dos serviços e web local.

Além disso, o Nic.br ficará responsável pelo tratamento de resposta a incidentes de segurança em computadores de redes conectadas à internet local e dará o suporte técnico e operacional do Lacnic (Registro de Endereços da Internet para a América Latina e Caribe).

A criação do Comitê Gestor de Internet, em 31 de maio de 1995, marca o início da internet comercial no Brasil. Até então, essa ferramenta era utilizada, principalmente, no universo acadêmico.